segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Senha de si

Que tal libertar a palavra
da forma ingrata
Que tal libertar a forma
de suas represas
As vidas acesas
no núcleo oculto
profundo do tempo
O encontro venal da verdade
com seu intento
reatando o elo
da inteligência
concreta,
aberta ao transtorno
desatando os fluxos
da alteridade
infinita e plena
liberdade
Grande jornada
sem partida
ou chegada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leitor e leitora, dê sua opinião, recado etc aqui!